19/11/09

Workshop de Cinema Documental S.Jorge Calheta

Neste workshop interessa-nos trabalhar o cinema como meio de comunicação e expressão artística,
apostando num método de criação baseado na discussão, no confronto de opiniões e sensibilidades. A execução de curtos exercícios de grupo por parte dos formandos nestes dez dias de duração do atelier, irão constituir um pequeno conjunto de objectos fílmicos, resultado de um primeiro olhar e que pretendemos que funcione como um estimulo para o futuro. Pretendemos incutir uma observação e reflexão crítica sobre o real de forma a levar à criação de um olhar cinematográfico, partindo da ideia de que a criação de um filme é o de uma construção colectiva, tanto mais rica quanto mais e melhor dirigida.
O grupo de trabalho deverá ser constituído por 4 pessoas (máximo 6). Será pedido a cada um dos participantes a realização de um pequeno filme. O objectivo é que cada pessoa do grupo experiencie o contacto com a câmara e com o som, sendo o realizador operador de câmara sempre acompanhado por um engenheiro de som rotativo mas sempre pertencente ao grupo. Cada um irá dispor de uma manhã e uma tarde (2 turnos de trabalho) para rodar o exercício assim como uma manhã/tarde de montagem (um turno de trabalho) e finalização do filme.


PRINCÍPIOS A DESENVOLER

A consciência de que o cinema é um instrumento de construção da realidade.

O valor da atenção ao que nos rodeia como ponto de partida para o trabalho a desenvolver.

Questionar com curiosidade e abertura.

Investir na discussão sem limitar o desenvolvimento da personalidade de cada um, das suas ideias e
vontades.

Abordar cada projecto na sua especificidade e discuti-lo em conjunto, tornando-o um projecto
comum.

PERÍODO DE TEMPO

10 dias


OBJECTIVOS

Visionamento e análise de filmes: perceber as possibilidades de abordagem, dispositivos, temas e
processos de trabalho do documentário.

Realização de pequenos exercícios/filmes temáticos – preparação, rodagem e montagem

Criação, preparação e dinamização de pequenas equipas de trabalho constituídas por duas pessoas –
realizador/operador de câmara e operador de som

Introduzir e experimentar um método de trabalho simples que possa ser continuado e desenvolvido
após o workshop


EXERCÍCIOS FINAIS

O tema dos exercícios finais será livre e terá que ser desenvolvido desde o inicio da formação. a ideia será a de que cada grupo disponha de um dia de rodagem sobre algo que lhe suscite um interesse especial, uma actividade, uma pessoa, uma história. O tema deverá ser escolhido de acordo com a curiosidade sobre um tema e deverá decorrer num espaço geográfico próximo e acessível.

Todas as imagens brutas, recolhidas diariamente , serão visionadas pela totalidade do grupo de forma a fomentar uma forma de criação e aprendizagem baseada na discussão e análise critica, imagem por imagem.


PLANIFICAÇÃO GERAL DA OFICINA

1ª dia

Manhã (10h)
Apresentação do atelier e da proposta de trabalho. visionamento e análise de filmes

Tarde (15h)
Visionamento de excerto de filmes. Apresentação do material técnico (câmara e som) e explicação do seu manuseamento básico. Discussão de ideias para os trabalho a desenvolver.


2ª dia

Manhã (10h)
Visionamento e análise de filmes (em grupo). Discussão e calendarização da rodagem.

Tarde (15h)
Cruto exercício técnico. Contacto com o material de edição.

3ºdia/4ºdia/5ºdia/6ºdia/7ºdia

Manhã (10h)
Rodagem
Tarde (15h)
Rodagem

7º dia/8º dia/9º dia
Montagem dos exercícios (cada grupo terá direito a uma manhã/tarde) de montagem

10ºdia
Apresentação e discussão dos trabalhos finais

Nota:
Algumas destas datas poderão ser alteradas. Sempre que possível, no final de todos os dias do workshop, o grupo juntar-se-á para visionar as imagens filmadas pelos colegas no próprio dia.

Alguns filmes que poderemos vir a discutirBasic Training - F. Wiseman
Curtas (1955 – 1958) – V. De seta
Wanda – Barbara Loden
Close-Up (1990) – Abbas
Donde Esta la Casa de Mi Amigo - Abbas Kiorostami
Kino Glaz – Dziga Vertov
El Sol del Membrillo – Victor Erice
En Construccion (2001)– J. L. Guerin
Torre Bela (1977) – T. Harlan
Kuxa Kanema – O Nascimento do Cinema – Margarida Cardoso
Jaime – António Reis
Artavazd Pelechian - Curtas
Ser e Ter – N. Philibert
Os Respigadores e a Respigadora – A. Varda
Curtas – A. Varda
Dagérreotypes – A. Varda
Trás os Montes – António Reis e Margarida Cordeiro
Nanook o Esquimó – R. Flaherty
Os Mestres Loucos – Jean Rouch
Maria – A. Sokurov
Salesman – Mayles Bros
24 Portraits d’Alain Cavalier
Harlen County – Barbara Kopple