29/03/12

"Encounters with Landscape" de Salomé Lamas no Festival Indie Lisboa




Resultado da Residência Internacional de Pesquisa Cinematográfica, "Shooting the Landscape", realizada em Dezembro nas Sete Cidades, o filme da Salomé Lamas recebeu o prémio Novo Talento no Indie Lisboa 2012 e o prémio OVNI no Festival Court Métrage de NAmur






Encounters with Landscape (3x) HD, 30', cor, stereo, 2012 PT
No final de 2011 cheguei a Sete Cidades (Açores). Recordei a ideia de Kant sobre o
sublime. O sublime é o “incomensurável”. Este concebe a compreensão do corpo prévia
á medida matemática. É aqui que a medida estética (a medida do corpo) atinge o seu
expoente máximo. O sublime tem lugar quando a medida humana é destronada i.e.
quando o corpo experimenta a ideia de ser engolido por uma montanha imaginaria. Para
que esta experiencia se concretize: sensibilidade, corpo, humanidade e finitude são
características necessárias.
Numa tentativa de filmar a paisagem, apercebo-me da capacidade de intelectualização
do sublime mas não o sinto. Falta de sensibilidade?